Logo Casa Jardim

Logo Casa Miami

Home Notícias44 anos de Alphaville: Empresas respondem a 10% dos investimentos no Estado

44 anos de Alphaville: Empresas respondem a 10% dos investimentos no Estado

31/out/2017

Entre 2012 e 2017 estudo aponta relevância do setor empresarial da região na economia do país.

Um polo de serviços e de tecnologia que também responde a boa parte dos investimentos do Estado de São Paulo. Essa é Alphaville de acordo com Pesquisa de Investimentos Anunciados do Estado de São Paulo (Piesp), realizada periodicamente pela Fundação Seade.

Entre 2012 e 2017 foram anunciados investimentos no estado de São Paulo em um total de R$ 169 bilhões. Do total, 10,4% foram iniciativas de companhias situadas na região de Alphaville e Tamboré e que seguem com várias dessas empreitadas ainda em andamento.

A quantidade reflete a importância do bairro, sede de várias das principais empresas do estado e que pode ser um valor ainda maior, tendo em vista que o levantamento não contabiliza o que não foi divulgado. Algumas empresas não revelaram as quantias.

Situada entre as cidades de Barueri e de Santana de Parnaíba, o bairro teve como a principal investidora a Azul Linhas Aéreas, que tem atuado forte na ampliação de suas aeronaves para fazer o transporte pelo país.

Situada na avenida Marcos Penteado de Ulhôa Rodrigues, a empresa divulgou despesas de R$ 14 bilhões em investimentos, desde 2012. Segundo a Seade, o maior deles foi feito no ano de 2015, num total de R$ 8,4 bilhões na aquisição de 30 jatos Embraer de nova geração. A ação, contudo, ainda segue em andamento e a previsão é de que seja concretizada até o ano de 2020.

“Nós encomendamos aeronaves do novo Airbus A330-900neo, A320neo e também do novo E2 (jato da Embraer de segunda geração), que vão nos ajudar a sermos mais eficientes. Queremos crescer, trazer novos clientes para voar conosco”, comenta o presidente da Azul, John Rodgerson.

“A Azul decidiu fixar sua sede em Barueri por ser uma das cidades que mais crescem atualmente na Grande São Paulo”, ressalta. “Alphaville é um bairro que oferece toda a estrutura necessária para a sede administrativa da Azul. Aqui encontramos opções diversas de serviços e produtos que suprem as necessidades da companhia e de seus tripulantes. É um bairro seguro, organizado e que é estratégico por proporcionar fácil ligação para a capital e para o interior paulista”, completa

Além da Azul, a Cielo com aprimoramentos em tecnologia aparece com R$ 1 bilhão em investimentos, enquanto três imobiliárias foram citadas pela atuação na construção de hotéis na região.

Alphaville também recebeu uma nova loja da Sodimac com aporte de R$ 100 milhões. No lado de Santana de Parnaíba, a implantação de um data center pela Equinix aparece com investimento de R$ 281 milhões.

Polo de Tecnologia
De acordo com a última pesquisa da IDC (International Data Corporation), o mercado brasileiro de tecnologia da informação e telecomunicação (TIC) deverá crescer 2,5% neste ano. A área de Tecnologia da Informação puxará a maior parte dos investimentos com expansão de 5,7%, enquanto telecom ficará com 0,4% da fatia. Alphaville se enquadra nesta estimativa.

O bairro tem recebido, cada vez mais, empresas de tecnologia. Os valores dos aluguéis e incentivos fiscais, se comparados a São Paulo, têm sido os principais fatores para as companhias se instalarem no bairro, que corta as cidades de Barueri e Santana de Parnaíba. A informação foi dada pela Buscapé Company, por exemplo, que chegou em Alphaville (Av. Marte 489) no fim de 2016. Hoje, a Buscapé tem 340 funcionários na sede.

Do lado de Barueri, há 514 empresas de tecnologia instaladas em Alphaville, sendo que 60 chegaram neste ano, segundo a Prefeitura. O prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar, disse que “25% das empresas de tecnologia do Estado de São Paulo estão em Barueri e Parnaíba”, ressaltou.

Fonte: http://folhadealphaville.com.br/especiais/26974